Comportamento do consumidor: porque você precisa acompanhar

Nesse material eu quero te mostrar por que o consumidor está mudando seus hábitos de consumo. Você vai descobrir como isso se relaciona com a sua atuação como Personal Trainer. E compreender a importância do acompanhamento e estudo do comportamento do consumidor.

Vamos nessa?

A captação de alunos acontece quando você vê que as coisas têm mudado, porque as pessoas estão mudando.

 

A percepção sobre qualidade de vida é uma das maiores apostas nos próximos anos.

Atualmente tem se falado muito em “comportamento de consumidor”. Talvez você ainda não esteja familiarizado com esse termo ou estudo, mas não é tão complicado. Estar preparado para entender  a importância desse caminho na captação de clientes é essencial.

Comportamento do consumidor, oque é?

 

O comportamento do consumidor é basicamente o estudo ou acompanhamento de como as pessoas (enquanto consumidores) se comportam durante a compra de um produto ou serviço.

Um exemplo:
João, adora correr na praia, mas não tem nenhum equipamento para monitorar seus trajetos, frequências e etc. Ele identificou um problema que precisa ser resolvido e a necessidade de um produto para fazer isso para ele. João então, começa a procurar por um produto que atenda a essas necessidades, chegando a um site de uma empresa que o vende.

Esse é o comportamento do João como consumidor. E isso é o que profissionais estão estudando para saber como se posicionar no mercado e interceptar pessoas como o João quando começam a procurar soluções para suas necessidades.  

Consequências no mercado.

 

Isso tem refletido em consumidores mais experientes, de certa forma. São mais restritos ao que consomem, compram e contratam. Eles buscam por valor e propósito. Ou seja, entender quais os seus propósitos e diferenciais como Personal Trainer. O que te torna diferente dos concorrentes, é o que você oferece no mercado. Sabendo disso, o consumidor analisa se o que você acredita está alinhado ao que ele acredita.  Assim, começa a se relacionar com você.

Um exemplo:

Você deve ter uma marca de produto que você curti bastante. Provavelmente você a segue nas redes sociais, por tanto, acompanha o que ela posta, seus produtos, etc. Quando ela publica algo e você se sente à vontade para interagir – compartilhar sua opinião, você faz isso, não faz?
Se não, você conhece alguém que sim, certamente. Isso é relacionamento.

As empresas identificaram essa necessidade de humanizar mais sua atuação e começaram a dialogar com as pessoas que gostam dela. Caso contrário, perdem a chance de entender mais sobre como o consumidor dos seus produtos pensa, age e decide se compra/contrata ou não.

Quer ver na prática como isso é verdade?

 

Basta olhar uma publicação da MFIT. Em uma ocasião nós anunciamos uma funcionalidade que o pessoal estava pedindo muito, o cronômetro.  Acompanhamos os pedidos e decidimos ver justamente como nosso consumidor estava se comportando na plataforma. O resultado foi a aplicação da funcionalidade, atendendo as necessidades dos professores.

 

E a partir disso, o que é preciso entender?

 

O ponto mais interessante não é atender o pedido, mas se relacionar com as pessoas, dando resposta sobre suas intenções de fazer parte do que acontece com a empresa.  Isso é uma forma de relacionar e “cultivar” um processo futuro para captação de clientes. Quanto mais você está atento ao que as pessoas em torno da sua empresa falam de você e do que você faz, maior a chance de entender seus comportamentos.

Isso se resolve acompanhando o que falam. Analisar, responder, implementar coisas novas nos seus processos e falar com elas sobre como te ajudaram a entregar algo melhor. Isso é a relação de troca que gera novos clientes. Uma primeira dica para você começar a pensar.

Principais fatores influenciam nas mudanças do consumidor

 

Tecnologia: Com o avanço da tecnologia e da internet, as pessoas estão mudando seus padrões de busca. Querem resolver problemas de forma online.

Social: Conforme a pessoa muda e seu círculo social é reformulado, a tendência dela ser influenciada por esse novo ciclo é grande. Assim ela muda seus hábitos.

Pessoal: Novas fases da vida dela começam, novas prioridades surgem e com isso o que era importante deixa de ser importante e outras coisas passam a serem necessárias. Por isso, acompanhar clientes é essencial para entender como as pessoas mudam hábitos e necessidades à medida que amadurecem.

Características do consumidor 3.0

 

O consumidor moderno, que chamamos de 3.0 é um reflexo das mudanças do cenário de consumo de produtos e serviços. Hoje temos a internet como um meio muito forte de conexão entre pessoas e empresas. Essa conexão deixa de ser apenas a oferta e a demanda e passa a ser uma ligação de relacionamento entre ambos.

Portanto, você deve esperar um perfil de consumidor que:

  • Usa a internet como um meio para começar a procurar uma solução.
  • Não quer ser incomodado com muita informação, como panfletagem digital.
  • Compara mais de um produto ou serviço, para escolher o melhor.
  • Quer fazer o máximo de coisas online, por exemplo, comprar, receber, usar.
  • Procura avaliações de outras pessoas sobre os produtos ou serviços.
  • Busca olhar quem são os melhores do mercado e o que eles falam sobre aquele produto ou serviço. Os chamados (influenciadores).
  • Preza por bom atendimento e relacionamento fácil para decidir a sua compra ou contratação.

Isso significa que o consumidor como conhecemos atualmente é muito mais maduro para adquirir algo. No caso do Personal Trainer que oferta seus serviços online e se preocupa com a comunicação, marketing e atendimento, têm chances muito maiores na captação de clientes.

Como isso pode te ajudar a captar alunos.

 

A partir do momento que você entende o perfil de consumidor que temos agora, falando de um modo geral, você consegue entender porque alunos se tornaram mais exigentes na contratação de serviços de personal Trainer.

Quem se destaca, se posiciona no mercado de forma efetiva, performa melhor na captação de alunos. Entender sobre esse comportamento, processos de vendas, marketing e outras habilidades ajudarão e muito a aumentar sua base de alunos.

Você precisa agora mudar o seu mindset, entender que é importante desenvolver novas habilidades e que elas não são um bicho de sete cabeças. 

E agora?

Imagino que até aqui você já tenha absorvido bastante informação, certo? Isso cria barreiras em nossa cabeça e é preciso quebrá-las. Esperamos te ajudar nisso também. Por isso, participe de nossas jornadas de aprendizado e se torne o próximo personal 3.0 . BASTA SE INSCREVER ABAIXO. 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *