fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Como criar legendas para os seus posts no Instagram profissional

Você sente dificuldade em criar boas legendas para o seu perfil profissional nas redes sociais? No artigo de hoje, vamos te ensinar a criar legendas mais claras e interessantes para os seus posts!

Prefere ver esse conteúdo em vídeo? Então, confira essa opção no final do post!

Porque você deveria criar legendas de qualidade para os seus posts?

A primeira coisa que você precisa saber sobre legendas é que, apesar das redes sociais focarem bastante em fotos ou vídeos, elas sempre serão super importantes!

A prova disso é que esses pequenos textos não estão apenas nos posts de Feed, mas em muitos outros espaços de uma rede social, como os Stories, os vídeos e as imagens criadas em programas de design como o Canva.

Então, saber produzir bons textos para legendas é uma habilidade extremamente útil para qualquer personal trainer que pretende divulgar melhor o seu trabalho e fechar mais negócios!

Inclusive, aprender a escrever boas legendas também vai te ajudar a atender melhor quem entra em contato com você – seja nos comentários e mensagens privadas do Instagram, nas conversas de WhatsApp ou nos feedbacks de treinos do app da MFIT!

criar-legendas-
Foto de Karolina Grabowska no Pexels

7 dicas práticas para você criar legendas excelentes para os seus posts

Bom, personal, agora que você já está por dentro da importância de caprichar nas suas legendas, presta atenção nessas dicas imperdíveis para você engajar os seus seguidores e transformá-los em clientes!


1 – Conheça o seu público para criar legendas certeiras

Prof, você já tentou dar um presente para quem você não conhece?

É muito difícil, né? Das duas, uma: ou a gente acaba dando algum presente meio genérico, ou a pessoa acaba não gostando do presente!

Com legenda, é a mesma coisa: como você vai oferecer uma boa legenda… se você não souber com quem está falando?

Por isso, conhecer o seu público é indispensável – não só para melhorar as legendas, mas para criar qualquer texto, imagem ou vídeo nas suas redes sociais!

Então, se você está começando a criar conteúdo agora e ainda não sabe muito sobre os seus seguidores, comece pensando em que tipo de pessoa se interessaria pelo seu conteúdo e pelo serviço que você oferece.

Por exemplo:
1 – Qual é a faixa etária desse público?
2 – São mais homens ou mais mulheres?
3 – No que eles estão interessados?
4 – Quais são suas necessidades? Seus desejos? Suas dores e dificuldades?

Então, somente conhecendo direitinho esses alunos em potencial é que você vai conseguir se comunicar com eles da forma mais certeira!

Ainda com dúvidas sobre quem seria o seu público? Aprenda mais sobre como encontrar o seu nicho de mercado nesse post!


2 – Descubra o seu tom de voz pessoal para criar legendas autênticas

Você já tentou seguir várias pessoas que postam exatamente sobre o mesmo assunto, falam do mesmo conteúdo, dizem as mesmas coisas… mas percebeu que algumas se comunicam de um jeitinho que você se identifica mais?

Esse “jeitinho” é o tom de voz da “marca” daquela pessoa, personal! Assim como você não conversa da mesma forma com os seus amigos e com os seus avós, também precisa conversar com o seu público da maneira que é mais adequada para ele… mas, claro, não pode perder o seu “jeitinho” de se comunicar!

Então, imagine:
1 – Se a sua marca fosse uma pessoa real, de carne e osso, como ela seria?
2 – De que maneira essa pessoa se comunicaria com o público que você identificou?
3 – Ela teria uma personalidade meio séria… ou mais descontraída?
4 – A sua linguagem seria mais formal… ou informal?
5 – Ela falaria de forma fácil e direta… ou técnica e rebuscada?
6 – Quais palavras ela usaria para conversar… e, principalmente, quais ela não usaria de jeito nenhum?
7 – E o tom de voz dessa pessoa? Seria reconfortante? Crítico? Incentivador? Conselheiro? Persuasivo?

Personal, fazendo esse exercício, você provavelmente vai descobrir que a sua marca tem um tom de voz muito parecido com o seu!

E, por consequência, esse tom de voz atrai alunos que se parecem contigo – ou sentem que precisam desse seu jeitinho de ser para alcançarem os objetivos fitness deles.

Então, mapear todos esses detalhes é essencial para que você se comunique sempre da mesma maneira, sem tentar copiar a forma de se comunicar dos outros e gerando uma identificação verdadeira em quem te acompanha!

3 – Defina o objetivo do seu post

Agora que você identificou para quem está escrevendo as legendas e como você quer conversar com essas pessoas, chegou a hora de definir o objetivo do post, para garantir que a sua legenda combina com a sua intenção!

Lembra que eu pedi para você imaginar que a sua marca é uma pessoa?

Então, pare e pense, personal:
Qual é o objetivo dessa pessoa ao criar esse próximo post?

1 – Ela quer simplesmente informar algum fato ou fazer um comunicado?
2 – Ela quer educar alguém, fazendo a pessoa refletir, repensar algo, mudar de atitudes?
3 – Ou ela quer entreter quem lê?
4 – Talvez incentivar esse leitor a fazer alguma coisa?
5 – Quem sabe ajudar alguém a alcançar um certo resultado, trazendo dicas práticas?

Sempre, sempre, sempre que você for criar um post… pare e pense: qual é o meu objetivo ao criar esse material específico? Essa pergunta traz CLAREZA – o que facilita muito na hora de criar as legendas!

4 – Pare de acreditar em “regras” sobre tamanho de legenda

Muitas pessoas têm medo de “escrever demais” porque “torna o post cansativo” e “ninguém vai ler”.

Porém, pensa comigo:
Existem milhares de legendas que são imensas, mas as pessoas amam ler porque contam uma boa história, cheia de detalhes interessantes e de experiências pessoais. Então, elas não só leem tudo, como se conectam com aquele perfil e ainda compartilham situações parecidas nos comentários!

Ou seja:
O importante não é o número de caracteres da sua legenda, mas que ela seja interessante de verdade!

Então, desde que você esteja falando algo útil, que conversa com dores, desejos e necessidades do seu público, que agrega valor ao seu conteúdo, que faz sentido para a sua marca… não precisa ter receio de criar uma legenda um pouco maior!

Acredite:
Quem estiver interessado no assunto vai ler, SIM – ou, vai salvar para ler depois.

A única regra é:
Independente do tamanho da sua legenda, faça uma formatação caprichada!

Para isso, insira espaços para dividir parágrafos muito longos ou para separar cada etapa de raciocínio da sua ideia – assim como está acontecendo agorinha, nesse post de blog!

Além disso, selecione alguns emojis que sejam compatíveis com o tom de voz da sua marca para ilustrar essas ideias e para reforçar a identidade da sua marca.

E, se você usar sempre os mesmos emojis, com as mesmas cores, essa repetição ajudará as pessoas a lembrarem de você!

5 – Inclua gatilhos mentais nas suas legendas

Os gatilhos mentais são técnicas de texto que ajudam a aumentar o interesse do leitor na sua mensagem e incentivá-lo a fazer alguma ação específica.

Existem dezenas de tipos de gatilhos mentais, cada um com um nome diferente: gatilho mental da novidade, da coerência, da confiança, da urgência, da escassez, da autoridade, da prova social… e assim por diante!

Quer aprender a aplicar os principais gatilhos mentais?
Vem conferir esse material super didático aqui: Como usar gatilhos mentais

6 – Use chamadas para ação nas suas legendas

A chamada para ação, também chamada de CTA, é uma frase persuasiva, que geralmente fica no final da legenda, dando aquele “empurrãozinho” para convencer as pessoas a fazerem algo.

As CTAS podem ajudar a gerar engajamento em posts e a conduzir pessoas para o seu site ou link do WhatsApp.

A forma mais comum de CTA é aquela que tem um verbo no modo imperativo:
Compre, Comente, Compartilhe, Acesse, Baixe, Assine, Clique, Se inscreva… entre outras!

Aqui, o importante é usar uma CTA por vez, para não confundir o seu leitor e aumentar as chances de ele cumprir a ação que você está pedindo.

7 – Tenha um banco de ideias e de modelos de textos

Nem sempre a gente está transbordando de criatividade. Então, vale a pena construir um arquivo com inspirações e possibilidades ajuda a evitar bloqueios criativos e agilizar a produção do conteúdo!

Vale salvar citações, frases de efeito, posts bacanas, posts de fora do mundo fitness para adaptar, informações que você precisa repetir toda hora, chamadas para ação e perguntas para seus seguidores responderem nos comentários… o céu é o limite, personal!

Prof, já deu para ver que criar boas legendas exige dedicação, né? Então, sempre tire um tempinho para criá-las com calma e atenção, aplicando as dicas desse post!

Prefere ver esse conteúdo em vídeo? Então, confira aqui:

Personal, aprenda marketing digital de graça com a MFIT

Para você nunca mais perder uma venda por falta de conhecimento em marketing digital, nós preparamos um CURSO GRATUITO de marketing digital para personal trainer! Clica aqui para assistir, prof 🤩

Ah! Se quiser ganhar acesso a outros conteúdos exclusivos sobre esse assunto, faça um teste grátis no app da MFIT: é só clicar aqui para se cadastrar – sem compartilhar nenhum dado bancário!

MARKETING E VENDAS

Descubra algumas estratégias do Funil de Vendas

Como primeira etapa em nas estratégias de funil de vendas, o topo do funil, ou fase da atração é considerada a fase de conscientização, então é preciso que você aplique estratégias para o seu público gerar curiosidade sobre o que você oferece.  Você sabe… ninguém compra/adquire algo sem ter motivos,

VEJA MAIS >