Quais são os impactos negativos do seu aluno acompanhar perfis fitness?

Conscientizar o aluno sobre os possíveis impactos negativos de perfis fitness é essencial para um personal trainer. Leia o texto abaixo e aprenda a fazer isso!

Prof, você já parou para pensar se os influenciadores fitness que seus alunos acompanham ajudam ou prejudicam o seu trabalho do personal trainer? Embora alguns influenciadores realmente possam inspirar seus alunos, nem sempre essa influência é positiva.

Por isso, a MFIT veio aqui mostrar os impactos negativos de influenciadores irresponsáveis para ajudar os seus alunos a se protegerem deles e se tornar uma influência positiva nas suas próprias redes sociais!

A influência de perfis fitness é realmente negativa?

Embora algumas pesquisas indiquem que determinados criadores de conteúdo fitness realmente tem o poder de incentivar pessoas a se exercitarem, isso não acontece em todos os casos.

Inclusive, esse ano saiu um estudo que analisou o impacto desses influenciadores em seus seguidores. E o resultado foi chocante: ⅔ deles postam conselhos que não são saudáveis ou mensagens que afetam negativamente a saúde física e mental das pessoas que os acompanham.

Na internet, facilmente é possível localizar diversas orientações sobre dietas, demonstrando como fazê-las e mantê-las, as quais raramente são expostas por profissionais habilitados da área de nutrição, o que torna o discurso preocupante em razão da falta de embasamento teórico para as rotinas tidas como essenciais para uma vida mais saudável.

pessoa-vendo-perfil-fitness-enquanto-treina.jpg

Foto de Anna Shvets (Pexels)

Quais são as consequências desses perfis fitness na saúde do aluno?

Não é novidade para ninguém que perfis fitness causam muita desinformação por aí. Mas, quais são as consequências disso na saúde do seu aluno?

Infelizmente, alguns estudos anteriores já apontavam que perfis fitness podem gerar diminuição na autoestima e aumento da insatisfação corporal.

Além disso, o estudo mencionado anteriormente também indica que seguir influenciadores fitness incentiva episódios de comer transtornado, uma condição conhecida pela sigla CT.

Quem passa por episódios de CT apresenta características parecidas com as de transtornos alimentares, mas de uma forma um pouco menos grave e frequente. Assim, quem apresenta CT pode:

  • Pular refeições
  • Fazer jejum prolongado
  • Exagerar nas restrições alimentares
  • Usar laxantes ou diuréticos
  • Substituir refeições por shakes e suplementos
  • Usar medicamentos para controlar o peso
  • Praticar exercícios para compensar refeições consideradas “ruins”

A desinformação de influenciadores fitness tem intensificado cada vez mais o surgimento de condições como essa. Por isso, é importante que você, personal, concientize o aluno sobre quais são os conteúdos ideais e perfis de qualidade que o seu aluno pode confiar!

Como ajudar meu aluno a encontrar perfis fitness de qualidade?

Então, prof, já deu para ver que a influência fitness negativa realmente pode afetar a saúde física e mental dos seus alunos, né?

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar o seu aluno a encontrar perfis fitness de qualidade, e claro, para você produzir um conteúdo ainda mais bacana nas suas redes sociais.

Dica 1:
Repasse esse alerta para seus alunos

Muitos deles seguem influenciadores porque buscam uma inspiração genuína para treinar, e nunca pararam para refletir se essas pessoas podem causar um impacto negativo relevante na vida real.

Então, vale ressaltar a importância de filtrar quem acompanhamos nas redes sociais – inclusive para que isso não prejudique os treinos que o personal prescreve!

Dica 2:
Encoraje seus alunos a valorizarem a diversidade

Incentive seus alunos a acompanharem pessoas que representem uma diversidade de corpos, com várias idades, biotipos e habilidades físicas.

Afinal, isso ajuda o aluno a quebrar o estereótipo de que fazer exercícios é algo próprio de pessoas jovens, magras ou completamente capazes de executar todos os tipos de movimentos.

Assim, com outras referências, eles provavelmente irão se sentir mais confortáveis na hora de tentar exercícios novos ou desafiadores!

Dica 3:
Explique quais profissionais são recomendados

Fale sobre a importância de seguir somente influenciadores que realmente tenham formação e experiência comprovadas para falar sobre nutrição e exercício físico.

Seus alunos precisam entender que o número de curtidas e seguidores não diz nada sobre a credibilidade de alguém e, por isso, o ideal fugir de criadores de conteúdo que oferecem aconselhamento fora da área deles e acompanhar profissionais como nutrólogos, nutricionistas e, claro, personais.

Dica 4:
Esclareça a importância de valorizar a autoestima

Explique para seus alunos que não é produtivo ficar recebendo conteúdos de perfis fitness que os deixam tristes, inseguros e culpados, gerem uma sensação negativa de comparação ou falem sobre exercícios somente com argumentos estéticos.

Em vez disso, incentive-os a procurar perfis e hashtags que fortaleçam uma relação saudável com o corpo, promovendo o exercício como uma forma de obter força, flexibilidade, bem-estar e saúde mental.

Quer se tornar uma boa influência fitness na internet? Então, clique aqui e confira o nosso curso gratuito de Marketing Digital!

Confira também esse nosso post que conta 6 motivos para você, personal trainer, ter um parceiro nutricionista. Assim, o seu aluno vai ter um profissional qualificado a quem confiar.

Prefere ver esse conteúdo em vídeo? Então, confira aqui:

Incentive e acompanhe o seu aluno de forma totalmente online com o app da MFIT!

Quer saber mais sobre como ajudar o seu aluno a ter o melhor desempenho? No app da MFIT você pode gerenciar o treino dos seus alunos da forma que quiser!

➡️ Clique aqui e faça um TESTE GRÁTIS no melhor aplicativo para personal trainer (sem compartilhar dados bancários).

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.