Notas de dinheiro ao lado de uma caneta e uma calculadora

Organização financeira para Personal Trainer

Para ser um Personal Trainer de sucesso, não adianta só investir em um bom método de treino e ter uma boa estratégia de divulgação, se você não tem controle das suas finanças. Nesse artigo você vai aprender como ter uma boa organização financeira.


Ter organização financeira é essencial para quem quer crescer e ter uma vida mais confortável, ainda mais para o Personal Trainer, que é a sua própria empresa e não depende de salários como a maioria das pessoas.

Então seja qual for o seu objetivo de vida, se você é uma pessoa gastona ou econômica, é essencial seguir essas dicas: 

Separar a renda variável das rendas fixas

Falando assim parece confuso né? Mas é algo simples: separe os valores que você recebe mensalmente, dos valores que são variáveis. Exemplo: se você trabalha como instrutor da academia, provavelmente, você recebe um salário fixo, que tudo determinado dia do mês ele cai lá na sua conta. Esse valor é diferente das consultorias que você presta, pois a quantidade de alunos que você tem, pode varias entre os meses.

Mas se você é um Personal que trabalha com planos mais longos, como semestral ou trimestral, durante esse período, você pode considerá-lo como uma renda “fixa”. Feito isso, agora é hora do próximo passo.

Saiba todos os seus gastos

Não tem jeito, é preciso saber exatamente sobre cada transação que você tem feito e com o que você anda gastando seu suado dinheiro, desde contas como internet, sua assinatura da MFIT ou cursos à contas menores, como gasolina, aquela bala que você pegou na hora de pagar a conta ou até mesmo o delivery no final de semana.

Separe o profissional do pessoal

Tudo bem que você é dono do seu próprio negócio, da sua consultoria, mas é muito importante ter um bom controle financeiro e separar o que são gastos pessoais, de gastos envolvendo a sua profissão. Comidas e passeios, são gastos pessoais. Agora, a internet que você usa, a gasolina que você coloca para se deslocar para dar aula, assinatura da MFIT e até mesmo equipamentos de apoio que você usa nas suas aulas, são investimentos profissionais. Você precisa ter esse “gasto” para conseguir fazer um bom trabalho.

Gaste menos do que você ganha

A dica parece um tanto óbvia, mas muitas vezes a gente se deixa levar por um mês ótimo, que teve muitas consultorias e esquece o fato que talvez no mês seguinte, tenha menos aulas e por consequência, menos dinheiro. Por isso, a importância das outras dicas que já falei aqui. Tome cuidado para não gastar além da conta e acabar se endividando.

Analise essas informações mensalmente

Separe um tempo para fazer exclusivamente essa tarefa, reúna todas as informações financeiras que você teve ao longo do mês. Analise e se planeje para o próximo mês, sempre visando melhorar o seu orçamento.

Organização Financeira: como colocar em prática?

Depois de todas essas dicas, você deve estar se perguntando onde está o link da Planilha de controle financeiro, né?

Mas nada de planilhas por aqui, vou facilitar a sua vida te falando alguns apps de controle financeiro. É só clicar aqui e saber mais sobre eles.

botão para testar
(Visitado 35 vezes, 1 visitas hoje)

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.